Foca!

focaPreciso escrever. Sinto isso, de forma cada vez mais insistente.

É uma vontade intensa, um chamado, uma ânsia. Uma necessidade.

Então, organizo meu tempo. Abro espaço, entre minhas atividades profissionais, meus compromissos familiares, minhas necessidades pessoais. Abro um momento para escrever logo ali, após a corrida diária, após o jantar com a família, após as lições dos meus filhos, antes de dormir.

Na hora combinada comigo mesma, vou ao computador. Mas no caminho lembro das roupas para guardar, em cima da cama. Vou lá e as guardo. Lembro que vou precisar sair mais cedo no dia seguinte. Arrumo meu despertador. Ufa, que bom que lembrei! Penso  que preciso usar mais minha agenda no celular. E então lembro de dois aniversários e mais três compromissos familiares que eu mão anotei na agenda. Anoto. Cato uns 2 brinquedos do chão. Preciso falar com as crianças sobre a bagunça… Será que tem reunião da escola esta semana? Deixa eu ver na agenda.

Finalmente percorro os longos 3,5 metros que me separam do computador e o ligo rapidamente. Olho para a miscelânea que é meu desktop e penso se devo abrir o velho e bom Word de guerra ou o yWriter que é uma graça, faz até barulho de máquina de escrever, ou o Dramatica Pro, para me ajudar a estruturar seja lá o que for que eu quero escrever. Mas, o que eu quero escrever?

Não sei.

E lá, no meio do meu desktop, pertinho, bem pertinho do Word, está o Facebook.

E, neste momento, está tudo perdido.

Vou entrar rapidinho, só pra ver o que está acontecendo. “5 curtidas”, “ai, que lindo este vídeo”, “este mundo está cada vez mais chato”, “encontrei esta chinchila, compartilhe até chegar ao dono”, “11 receitas de torta de morango”, “73 coisas muito erradas no mundo”, “29 lindas histórias de fé”, “35 correntes que eu não posso quebrar”, “alguma notícia chocante e absurda”. O que? Será que isto é verdade? Vou entrar no Google para pesquisar. Encontro 17 sites que confirmam a história mas nenhum é confiável. Busco em fontes confiáveis mas não encontro nada. Deve ser só boato. Nossa, que legal esse rapaz russo, tão jovenzinho, tocando violão de forma simplesmente inacreditável. Será que tem mais vídeos dele no Youtube?

Puxa, que horas são! Já passou muito da hora de domir. Melhor fechar tudo.

Mas, lá no meio do meu desktop, pertinho, bem pertinho do Facebook, está o Netflix.

E, neste momento, está tudo perdido.

***

– Queria tanto escrever…
– Por que não escreve?
– Não tenho tempo.

***

E é por isso que este blog está tão silencioso….

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s